Nosso blog é a reunião de tudo que existe de melhor no mundo: amizade, amor, livros, séries, games e filmes. Bem vindo à Sociedade do Anel!

quinta-feira, 2 de abril de 2015

Resenha Legend - A verdade se tornará lenda

Oi pessoal!
Quinta chegou e com ela minha segunda resenha :) E o livro da vez é o Legend da Marie Lu. Trata-se do primeiro livro de uma das trilogias distópicas que têm arrebatado os leitores, e eu como amante do gênero,  não poderia deixar de conferir.
A história é contada em primeira pessoa alternadamente entre os dois protagonistas: June e Day. 
Day é um jovem de 15 anos, morador de Lake, uma área muito pobre. Dono de uma agilidade ímpar e de uma inteligência incomum, reprovou na Prova (teste a que todas as crianças são submetidas a completarem 10 anos, a fim de terem seu futuro designado) e escapuliu das garras do governo. Sua mãe acha que está morto, mas com a ajuda do irmão mais velho, ele cuida da família à distância.
Ah! Informação relevante: ele é o criminoso mais procurado pela República, apesar de ninguém conhecer verdadeiramente seu rosto.
June é extremamente parecida com Day em vários aspectos, como em relação a sua ótima observação, lógica e agilidade. Contudo, ela faz parte de um mundo diferente. Nascida em família rica e tendo atingido a pontuação máxima na Prova, aos 15 anos ela está formada pela faculdade e é a menina prodígio da República. Após a perda do irmão, sua única família, passar a ser uma oficial e a ter uma missão: encontrar o fugitivo Day.
Bem, devo dizer, em primeiro lugar, que achei a história previsível e ao mesmo tempo surpreendente. Calma, já explico.
Ao começar a ler, já imaginei muitas coisas que pareciam que iriam acontecer. De fato, todas aconteceram. Porém, aí que está, aconteceram todas no primeiro livro, sendo que ainda há mais dois, ou seja, muita coisa pode acontecer, coisas imprevisíveis! Gostei disso!
É um livro muito envolvente e cheio de expectativa. 
Adorei a convivência da "Menina" com o Day.  Identifiquei uma pegada meio Death Note. Aliás, gostei tanto disso que fiquei triste por ter terminado tão rápido. Acho que o tempo que os dois passam juntos poderia ter sido mais explorado, colocando-os em situações  que exigissem mais de sua inteligência - o que eles têm de sobra.
Falando em inteligência, esse é meu fraco pelos personagens. Amo livros com personagens lógicos, que raciocinam, que precisam pensar de verdade. E o livro tem isso.
Legend deixa muitos mistérios a serem resolvidos, o que significa que é muito improvável ler esse primeiro livro e não ler o restante da trilogia. Além disso, o enredo tem muito potencial para ser daquelas histórias de tirar o fôlego cada vez mais.
Enfim, embora não seja minha distopia favorita (Sombras do Medo é hahaha <3), gostei muito e recomendo fortemente.
Bom, espero que tenham gostado e estou ansiosa para saber sua opinião!
Beijos e até logo!


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget