Nosso blog é a reunião de tudo que existe de melhor no mundo: amizade, amor, livros, séries, games e filmes. Bem vindo à Sociedade do Anel!

sexta-feira, 3 de julho de 2015

Análise - Meu Amigo Totoro



Quando falamos de desenhos animados, provavelmente as primeiras palavras que vêm a nossas cabeças sejam Disney ou DreamWorks. No entanto, as animações japonesas são produções um tanto sublimes, e hoje falarei sobre uma delas que eu conhecia, porém, nunca havia assistido ao filme. Estou falando de Meu Amigo Totoro (no original, Tonari no Totoro).




O filme conta a história de duas irmãs, Mei e Satsuki, que se mudaram com seu pai para uma vila na zona rural no interior do Japão com o intuito de ficar mais perto da mãe, que está em um hospital.

As duas estão bem animadas com a mudança e correm e brincam por toda a casa. Em um dia, Satsuki, a mais velha, vai à escola e enquanto Mei está brincando, ela se depara com um ser que parece um pequeno coelho, carregando uma sacola nas costas. Ela o segue para dentro do bosque que fica ao lado da casa e a menina encontra o espírito da floresta, chamado Totoro, dormindo.

A partir disso, algumas situações vão acontecendo, as quais não irei falar para não estragar o filme.

O roteiro e a direção ficam por conta do mestre das animações japonesas, Hayao Miyazaki, que pra quem não conhece pelo nome, é o mesmo que criou O Castelo Animado e A Viagem de Chihiro, logo, já dá pra se esperar algo de boa qualidade. No entanto, devo dizer que embora o filme seja muito bonito, o final deixa a desejar. Senti a falta de um clímax de fato o que deixou a história meio “vazia”.

Mesmo com esse problema, vale muito a pena se divertir com Totoro e as irmãs. Chamo a atenção para minha cena favorita do filme, que é o momento em que Mei e Satsuki estão esperando seu pai no ponto de ônibus, chovendo muito, e Totoro vem fazer companhia a elas.


Uma curiosidade: em Toy Story 3, Bonnie, a garotinha que leva Woody por acidente pra casa tem um bicho de pelúcia que é o Totoro (reparem no filme e comparem com as fotos).

Se você está um pouco cansado de tantas animações americanas, Meu Amigo Totoro é uma boa pedida para se divertir, assim como qualquer outro filme de Miyazaki, que sem dúvida, é mesmo um mestre do cinema de animação.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget