Nosso blog é a reunião de tudo que existe de melhor no mundo: amizade, amor, livros, séries, games e filmes. Bem vindo à Sociedade do Anel!

sexta-feira, 21 de agosto de 2015

Análise - (500) Dias com Ela



Cansado da mesmice dos filmes de comédia romântica? Que tal mudar um pouco para algo que não segue bem uma linha temporal certa? Estarei falando hoje de um dos filmes que sempre paro para assistir quando está sendo exibido. É (500) Dias com Ela!


O filme nos apresenta Tom Hansen (Joseph Gordon-Levitt), um arquiteto que trabalha em uma empresa que desenvolve cartões comemorativos, aqueles mesmo para presentear no dia das mães ou dos namorados. Em uma reunião com se chefe, Vance (Clark Gregg), ele conhece a nova assistente dele, Summer Finn (Zooey Deschanel) e se apaixona na hora.

Até agora parece o enredo de metade dos filmes românticos por ai, certo? Bom, a diferença fica por conta da forma como a história é contada. Ela não segue uma linha do tempo definido. Somos apresentados há vários dias desses 500 que compõe o relacionamento deles de forma aleatória.

A experiência é ótima, pois conseguimos ver todas as facetas de Tom ao longo do relacionamento, desde o momento em que se conhecem até o último dia em que... Relaxem, sem spoilers aqui!


Esse é o primeiro longa metragem do diretor Marc Webb que depois ficou conhecido por ter dirigido os novos do Homem Aranha, a saga do Espetacular Homem Aranha. Por parte do elenco, podemos citar também Chloë Grace Moretz e Matthey Gray Gubler, da série Criminal Minds.

O filme estreou no Sundance Film Festival em 2009 e foi ovacionado de pé pelo público. Só depois ele estreou no circuito comum e teve indicações para o Globo de Ouro e o Independent Spirit Awards.

Em inglês, o filme tem o nome de (500) Days of Summer, fazendo uma brincadeira com o nome da personagem de Deschanel e com a estação do ano, que para quem não sabe, summer é verão em inglês.

Quem quer assistir algo diferente, esse filme é uma boa pedida por não ter uma história muito diferente dos filmes do gênero, mas trazendo uma temporalidade diferente dos filmes do gênero. Recomendo muito!

Por hoje é só galera! Até a próxima semana com mais um filme para vocês!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget