Nosso blog é a reunião de tudo que existe de melhor no mundo: amizade, amor, livros, séries, games e filmes. Bem vindo à Sociedade do Anel!

sexta-feira, 28 de agosto de 2015

Análise - O Pequeno Príncipe



Uma nova adaptação de uma das histórias infantis mais conhecidas no mundo e que conquistou tanto crianças como adultos, idosos, cães, gatos... Desculpe, exagerei. Mas chega aos cinemas uma nova versão do clássico de Antoine Saint-Exupéry e que faz jus a grandiosidade da obra. Estou falando, claro, de O Pequeno Príncipe!

O filme nos traz a história de uma garota e sua mãe, que é viciada em trabalho e em planejamento, em tal ponto que faz isso com a vida da própria filha, planejando sua vida inteira. O primeiro passo é entrar em uma escola muito concorrida, e para isso, a menina tem seu dia planejado para conseguir o feito.

Fonte: Hypeness



É em um desses dias que um acidente acontece provocado por seu vizinho quando este tenta ligar seu avião e a hélice escapa deixando um grande buraco entre as duas casas. Curiosa, a garota decide investigar e assim nasce uma grande amizade que tem como base a história de um pequeno príncipe que vive em um pequeno asteroide e um dia encontrou um aviador perdido no deserto no planeta Terra.

Vários atores famosos dão vozes aos personagens da animação. Mackenzie Foy (a Renesmee, dos filmes da saga Crepúsculo) faz a Menina, Jeff Bridges (de O Sétimo Filho e Tron) dá vida ao Aviador, Rachel McAdams (de Questão de Tempo, Para Sempre e a segunda temporada de True Detective) é a Mãe da Garota e James Franco (da trilogia Homem Aranha e Planeta dos Macacos: A Origem) faz a Raposa falar são alguns nomes que estão no elenco.

As animações são de deixar o queixo caído. Primeiro, a história da Garota nos é mostrado com o estilo mais atual, algo mais tridimensional, com uma incrível mescla entre os tons de cinza e o colorido da vida antes e depois de conhecer o Vizinho, respectivamente.


Porém, o que chama a atenção é o cuidado ao contar a história do Pequeno Príncipe. Essas partes do filme são animadas de uma forma a deixar os desenhos extremamente fiéis aos desenhos originais da obra, fazendo com que pareça feito de papel mesmo. É para se emocionar do início ao fim.

Trazendo um fundo mais atual para que a história verdadeira seja contada, esta adaptação de O Pequeno Príncipe faz bonito, deixa a essência principal na obra para os espectadores deixando como ensinamento a frase mais célebre do livro: o essencial é invisível para os olhos.

Por hoje é isso galera, semana que vem voltamos com mais filmes para vocês. Até mais!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget