Nosso blog é a reunião de tudo que existe de melhor no mundo: amizade, amor, livros, séries, games e filmes. Bem vindo à Sociedade do Anel!

quarta-feira, 13 de maio de 2015

The Crew

E aew!

Bom, hoje é quarta-feira, desculpe por não postar ontem, mas, acasos acontecem. Hoje eu trago pra vocês um jogo de um dos gêneros que mais gosto: Corrida!
Pra quem já jogou os bons tempos da franquia Need for Speed da Eletronic Arts, vai se identificar com este game, que mistura uma trama, personalização/tunning de carros e perseguição policial.



A história começa com o protagonista, Alex Taylor, sendo perseguido pela policia local perto de Detroit. Depois que ele a despista, Harry liga pra ele dizendo que quer que ele participe de uma corrida na cidade e diz que seu irmão, Dayton, fundador da gangue 5-10, quer falar com ele. Após a corrida, Dayton aparece e pede para que Alex dirija até uma ponte, onde ele diz para que Alex permaneça no carro. Um carro para ali perto, Dayton se aproxima e conversa com o piloto, mas antes que ele chegasse no carro de Alex novamente, o piloto atira em suas costas. Alex vai até o corpo, neste momento a policia chega no local e o prende como suspeito, sendo sentenciado por um agente da FBI, Coburn.
Depois de 5 anos preso, Alex é encontrado por outra agente da FBI, Zoey, que lhe conta que o novo líder da 5-10 é um cara chamado Shiv, o mesmo que atirou no irmão de Alex e, que com a colaboração de Coburn, o colocou atrás das grades. Zoey então oferece a Alex a chance de colocar Shiv na prisão se ele ajudá-la a juntar evidencias da corrupção do agente Coburn. Óbvio, Alex aceita a proposta.

Esse é o inicio da história. A partir daí, você começa a tentar se infiltrar na gangue para poder chegar até Shiv. O jogo é repleto de missões de habilidade espalhadas pelo mapa, para que o jogador possa evoluir suas habilidades e ganhar peças para melhorar o desempenho do carro. O mapa é aberto e muito grande, leva cerca de 90 minutos pra você atravessar de uma costa dos EUA a outra, já que o Fast Travel só funciona a partir do momento que você passa pelo local pelo menos uma vez.O mapa é grande mas não é totalmente fiel, apenas algumas cidades estão presentes no game. Há elementos de RPG no game, básicos, mas há, como level do piloto e level do carro. Corridas que exigem um certo nível de experiência do piloto e etc. o tempo passa durante o jogo, ou seja, você não vai jogá-lo apenas a luz do dia ou apenas de noite. A policia não o perseguirá apenas de avistá-lo, como nos Need for Speed mais antigos, você precisará fazer uma bagunça quando um carro da polícia estiver por perto. Há várias categorias de corrida e carros, como Street, Dirty, Performance, Raid e Circuit. Para cada categoria há uma configuração/personalização diferente dos carros, o que aumenta a variedade do que se pode fazer neles. Apesar do slogan do game ser “Never drive alone” (Nunca dirija sozinho), há críticas sobre o modo online do game, eu mesmo encaro alguns problemas, ainda não sei se por conta da minha internet, mas, por exemplo, não consigo interagir com outros jogadores e nem formar a minha crew. O jogo permite que você monte a sua “gangue” para que vocês possam fazer as missões juntos, quebrar recordes de outros jogadores e até mesmo correr contra eles.

Fica um trailer aqui pra vocês.



Há quem diga que a história é um clichê, mas cá entre nós, em um jogo de corrida, não há muito o que inventar sobre uma história para o game. Apesar de não conseguir aproveitar 100% do game, já que não consigo fazer as coisas online, gostei do game, recomendo sim e ainda estou jogando ele. Os gráficos são bons, bem detalhados e a trilha sonora também é muito boa. 


E você, já jogou The Crew? Se sim, chegou a passar pelos problemas de conexão assim como eu? Bom, se conseguiu resolver, ajuda aew... :P e deixe seu comentário. Boa semana a todos e até a próxima terça!


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget