Nosso blog é a reunião de tudo que existe de melhor no mundo: amizade, amor, livros, séries, games e filmes. Bem vindo à Sociedade do Anel!

terça-feira, 15 de setembro de 2015

Assassin's Creed Brotherhood

E aew!
Terça de games mais uma vez e, continuando a minha trajetória pela saga, trago para vocês o Assassin's Creed Brotherhood.

Sem mais delongas, vamos ao que interessa!



A história se passa mais uma vez na Itália, pegando um pouco após o término da história do segundo game da saga, Assassin's Creed II. O protagonista continua sendo Ezio Auditore da Firenze. Desmond Miles, queria ver em 1506 aonde Ezio havia escondido a Piece of Eden e, em um erro, foi parar em 1500, quando o vilarejo de Ezio foi atacado peloes Borgia e comandado por Cesare Borgia, filho do papa Alexandre VI. Neste ataque, o tio de Ezio, Mario, é morto e a Maçã de Eden é levada. Ezio vai então a Roma, encontrar-se com Nicolau Maquiavel e para recrutar mais pessoas para a Ordem e, descobre que a cidade está sob o comando dos Borgia. 
Pessoas são oprimidas, monumentos caindo aos pedaços e estabelecimentos fechados. Cabe a Ezio destruir as torres que ditam o comando e restruturar a cidade reabrindo os comércios e reformando os monumentos. As pessoas que estão sendo atacadas pelos soldados se forem salvas em tempo podem ser recrutadas para a Ordem por Ezio, podendo assim auxiliar nas missões ou cumprir contratos que Ezio pode delegar e gerar renda e aumentar o nível de experiência desses novos assassinos. 

A história gira em torno de traição e vingança. Vingança da parte de Ezio, que busca eliminar as pessoas que acabaram com sua casa e parte de sua família e, a traição de Cesare Borgia, que pretende trair o próprio pai, Rodrigo Borgia (Papa Alexandre VI) para ter o poder e controlar toda a Itália. Além disso, Ezio precisa tomar de volta a Maçã de Eden e escondê-la daqueles que a querem para o mal, salvando o mundo e se tornando o novo mestre da Ordem dos Assassinos.

Voltando a falar sobre o esquema de gerenciar a renda no game, Ezio, quando tira a influência Borgia de uma área, pode comprar estabelecimentos fechados e fazer investimentos em cima deles. Os monumentos que ele consegue adquirir também aumentam a renda de Ezio. Tudo isso é depositado na conta de Ezio que, pode ir ao banco de tempos em tempos para sacar o dinheiro. 

Os assassinos recrutados ganham XP em batalhas quando você os invoca e, quando você passa os contratos para eles fazerem e eles conseguem completá-los também. Esses contratos tem um nível de dificuldade, então, se você mandar um assassino com pouca experiência, a propabilidade dele não voltar vivo é grande. O assassino ganhando experiência, ele pode ter um upgrade de armadura e armas.


Além da história há muitas missões paralelas, tumbas para explorar e achar tesouros e, também tem um modo multiplayer. O multiplayer foi novidade até então na saga. Havia 2 modos, um que era uma espécie de treinamento virtual dos templários para novos recrutas da Abstergo e um modo de Procurado, onde o jogador tinha que encontrar o alvo e eliminá-lo, até que ele se torne o alvo.

Trailer



E você, já jogou o Brotherhood? O que achou desse game?
Bom galera, esse foi o post dessa semana, espero que tenham gostado. Eu sei que o jogo já saiu a muit tempo, mas, estou jogando desde o primeiro da saga e, até agora, estou curtindo muito.
Até a próxima semana!


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget