Nosso blog é a reunião de tudo que existe de melhor no mundo: amizade, amor, livros, séries, games e filmes. Bem vindo à Sociedade do Anel!

quinta-feira, 1 de outubro de 2015

Arco-Íris - Antologia

Oi, pessoal!

Peço desculpas pelo sumiço, mas em época de lançamento da segunda edição do Sombras do Medo, da finalização do Aos Olhos de Zoe e de TCC, não estava conseguindo me organizar muito bem. Mas cá estou eu para dividir uma novidade muito bacana do mundo literário, especialmente da região dos blogueiros que aqui vos falam :P haha




Nós todos somos de Mogi Guaçu (interior de São Paulo), uma cidade relativamente pequena, e falando por mim, não sabia que aqui existia tanto talento. Mas acho que é assim mesmo né? Se a gente não presta atenção no que nos rodeia, corremos o risco de perder muita beleza.

Faz alguns meses que participo do Núcleo de Escritores de Mogi Mirim (é cidade vizinham à Mogi Guaçu), e alguns meses que conheci algumas pessoas incríveis e talentosas.
Com o objetivo de promover a união de nossas visões sobre o mundo, mostrar um pouquinho do que literatura significa para cada um de nós, Assim, unimos nossos poemas, nossos contos e crônicas, nossas cores em um único livro. Foi assim que nasceu Arco-Íris.


Fato ainda mais emocionante: quem fez essa capa linda foi a Ana Paula Souza (sim, nossa garota das séries). Eu já sabia que ela arrasava, mas agora todo mundo pode ver com seus próprios olhos.

Deixo aqui o convite para quem quiser participar do lançamento que ocorrerá dia 7 de Novembro na Associação Comercial de Mogi Mirim.

(Escritores participantes: André Rodrigues, Athayde Martins, Camila Pelegrini, Cícero Alvernaz, Dorothi Fernandes Bragatto, Joseph Martins, Lia Silva, Luís Antonio Padovani, Luís Henrique Campos, Maria Ignês Pereira, Paul Law, Paulo Tristão, Fátima Fílon, Eliana Teixeira da Silva)


"E cada escritor tem a sua cor.  Cada um de nós possui uma essência e uma forma de transmiti-la, uma riqueza de sentidos e uma profundidade de palavras a serem ditas.
E qual não é nossa alegria, caro leitor, quando a nossa cor se torna a sua?
E qual não é a nossa emoção quando nossas obras trazem um mínimo de luminosidade para o seu dia? Quando nossa inspiração se torna a sua e afasta os tons de cinza que o rodeiam?"
(Trecho do prólogo)

Até quinta que vem!
Beijos,


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget